Artigo

Boletim Macro Ibre: A retomada e o sentido de urgência das reformas

25/08/2017

A confirmação de que a economia brasileira está se recuperando é uma ótima notícia. Conforme a retomada avance, o quadro econômico e político, assim como o foco dos analistas, vai mudar. Com o tempo ela deve trazer não apenas uma queda do desemprego, como a muito aguardada recuperação das receitas tributárias, aliviando o quadro de penúria fiscal.

No Boletim Macro IBRE de agosto de 2017, nossas estimativas mostram, em particular, que a redução do hiato do produto deve contribuir de forma relevante para o ajuste das contas públicas. Mas não será suficiente. Muito mais será necessário em termos de mudanças estruturais, a começar pela pouco popular, mas muito crucial reforma da previdência. O risco é que, com a retomada econômica, o sentido de urgência com as contas públicas, que já não é grande, fique ainda menor. 

Deixar Comentário