Antonio Madeira

Graduado pela FEA/USP, turma de 1982. Conta com passagens pelos Grupos Pirelli e Cargill. Economista sênior da área de macroeconomia da MCM Consultores, onde atua há mais de 25 anos no atendimento a clientes do mercado financeiro.

Juros, câmbio e a venda de reservas

Há tempos discute-se no Brasil a conveniência de uma estratégia deliberada de venda de reservas internacionais. Dentre os argumentos habitualmente apresentados nesse sentido incluem-se os seguintes: a) custa caro manter reservas (o que já deixou de ser verdade há bastante tempo); b) não haveria necessidade de manter estoque tão elevado quanto o dos últimos anos; c) a venda de reservas produz redução automática da dívida pública, algo supostamente desejável.

Subscrever RSS - Antonio Madeira