Blog do Ibre

Revisão metodológica nas contas da balança comercial

A Secretaria de Comércio Exterior fez uma revisão metodológica na forma de contabilizar as estatísticas da balança comercial, o que altera as séries dos índices de preços e volume das exportações e importações da base de dados do ICOMEX. A revisão completa nos índices da série de 1997 a 2021 será analisada no próximo ICOMEX, em maio. No presente ICOMEX apresentamos alguns resultados referentes aos meses de 2020 e de janeiro a março de 2021.

Carta Aberta de economistas e empresários pelo combate efetivo à Covid-19

Centenas de economistas, empresários e profissionais do setor financeiro assinaram manifesto recém-divulgado em favor de combate mais efetivo à pandemia no Brasil, como pré-condição à retomada da economia.

As principais propostas têm como objetivo acelerar a vacinação, ampliar o uso de máscaras adequadas, promover distancialmento social local com coordenação nacional e criar esses mecanismos de coordenação nacional de combate à pandemia.

Monitor do PIB mostra retração de 8,7% no segundo trimestre, ante o primeiro

O Monitor do PIB-FGV aponta retração de 8,7% da atividade econômica no 2º trimestre, em comparação ao 1º do ano, na análise da série dessazonalizada. Na análise mensal, o indicador aponta crescimento de 4,2% em junho, na comparação com maio. Na comparação interanual a economia apresentou queda de 10,5%, no 2º trimestre e de 6,5% em junho.

Monitor do PIB FGV IBRE: análise especial das atividades de saúde pública e privada

A chegada da pandemia de COVID-19 no Brasil, com a adoção das recomendações de isolamento social, tem impactos diretos e indiretos na economia, afetando, praticamente, todas as atividades econômicas. Nesta seção especial que estará disponível no Monitor do PIB-FGV durante todo o ano de 2020, busca-se compreender como duas das principais atividades econômicas diretamente afetadas pela COVID-19 (saúde pública e privada) têm sido impactadas pelo avanço da pandemia no país.

A “commoditização “ da indústria de transformação não impulsionou as exportações em maio

O mês de maio confirmou a tendência já observada nos meses anteriores: aumento das exportações para o mercado asiático pautada em commodities e queda para os outros destinos.

(este é boletim do Icomex de junho, referente à balança comercial de maio)

Monitor do PIB FGV IBRE aponta retração de 9,3% na atividade econômica em abril

O Monitor do PIB-FGV aponta, na análise da série dessazonalizada, retração de 9,3%, na atividade econômica em abril, na comparação com março. No trimestre móvel findo em abril, a retração da atividade foi de -6,1%, em comparação ao trimestre móvel findo em janeiro. Na comparação interanual a economia retraiu 13,5% em abril e 4,9% no trimestre findo em abril.

Monitor do PIB FGV IBRE: análise especial das atividades de saúde pública e privada

A chegada da pandemia de COVID-19 no Brasil, com a adoção das recomendações de isolamento social, tem impactos diretos e indiretos na economia, afetando, praticamente, todas as atividades econômicas. Nesta seção especial que estará disponível no Monitor do PIB-FGV durante todo o ano de 2020, busca-se compreender como duas das principais atividades econômicas diretamente afetadas pela COVID-19 (saúde pública e privada) serão impactadas pelo avanço da pandemia no país.

IAE-FGV aponta retração de 8,8% da economia em abril

O IAE-FGV – Resultado final, aponta retração de 8,8% da atividade econômica em abril, em comparação a março. Este resultado mostra o impacto negativo gerado pela COVID-19 na economia brasileira, no primeiro mês completo de isolamento social. Na análise interanual a queda registrada em abril foi de 12,9%. Ambas as taxas foram recorde de retração nestas comparações considerando a série histórica iniciada em 2000.

Indicadores de Emprego Previsto em patamares historicamente baixos

O efeito da crise motivada pela pandemia do novo coronavírus tem se tornado cada vez evidente na economia brasileira. Um dos pontos críticos do ponto de vista do bem-estar da população diz respeito às condições do mercado de trabalho. Muitas empresas com atividade dramaticamente reduzida tiveram de reduzir o quadro de pessoal para tentar aliviar a pressão financeira. O governo anunciou medidas que visavam a estancar as perdas ao oferecer crédito barato em troca da manutenção dos postos de trabalho por alguns meses.

Coronavirus: crescimento do PIB do Brasil em comparação com o dos demais países

As previsões do FMI para o PIB do Brasil e do mundo não são as melhores, como já se esperava. Cerca de 80% dos países devem apresentar um recuo da atividade econômica, ou seja, um crescimento negativo do PIB este ano. De acordo com o Fundo Monetário Internacional, 64% dos países deverão apresentar o pior desempenho econômico de suas histórias em 2020. No Brasil, o recuo deve ser de 5,3%. Quem fala sobre o assunto é Marcel Balassiano, pesquisador do FGV IBRE. Assista agora no FGV - Impactos do COVID-19.

Páginas

Subscrever RSS - Blog do Ibre