Blog do Ibre

Levantamento do FGV IBRE aponta desigualdade recorde na renda do trabalho

A desigualdade no mercado de trabalho aumentou pelo 17º trimestre consecutivo e alcançou, no primeiro trimestre de 2019, seu maior nível em pelo menos sete anos, de acordo com estudo do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV IBRE). O índice de Gini, que mede a renda do trabalho per capita, alcançou 0,627, o maior patamar da série histórica iniciada em 2012. Quanto mais perto de 1, maior é a desigualdade.

As cinco publicações mais lidas de março no Blog do IBRE

O mês destaca um artigo publicado originalmente em março de 2018 por José Márcio Camargo, que fala da curva de Philips. O texto está sempre entre os mais lidos do Blog do IBRE e retornou ao primeiro lugar entre os mais populares depois de perder espaço para a discussão sobre a redução da Selic pelo Banco Central em fevereiro.

China e as commodities lideram o aumento das exportações brasileiras em 2018

A balança comercial fechou com um superávit de US$ 58,7 bilhões. Um resultado inferior ao do ano de 2017, US$ 67 bilhões, mas o segundo maior valor na série histórica da balança. A China atingiu a sua maior participação como destino das exportações brasileiras, 26,8%, o que resultou numa diferença de mais de 10 pontos percentuais em relação ao segundo parceiro os Estados Unidos, responsável por 12% das vendas externas do Brasil.

Blog do IBRE: os cinco artigos mais lidos de 2018

O ano foi agitado e o Blog do IBRE acompanhou o movimento da economia de forma ágil e sintonizada com o debate e com a sucessão de eventos da vida nacional. Temas como inflação, desemprego, greve dos caminhoneiros e eleições foram discutidos entre os pesquisadores da do IBRE e autores convidados. Confira as publicações mais acessadas nos últimos doze meses:

1. "Inflação e desemprego - a Curva de Phillips", de José Márcio Camargo

Leia os destaques de outubro da Revista Conjuntura Econômica

O novo presidente, seja Jair Bolsonaro (PSL) ou Fernando Haddad (PT), terá enormes desafios pela frente. O primeiro será reduzir o alto nível de polarização suscitado em suas campanhas; o segundo, tirar o país do baixo crescimento, o que demanda uma lista de reformas impopulares sem as quais não haverá avanço. Essa lista é tema da matéria de capa desta edição, concluída antes do resultado do primeiro turno.

Páginas

Subscrever RSS - Blog do Ibre