Juliana Damasceno

Graduada em Economia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Pesquisa na área de finanças públicas, com foco em tributação, federalismo fiscal e gasto público.

Antecipação da arrecadação federal de outubro

Seguindo metodologia própria[1] e com base em dados obtidos no SIAFI, apresenta-se uma antecipação da arrecadação federal bruta de outubro, cujo resultado oficial é divulgado pelos boletins gerenciais da Secretaria da Receita Federal do Brasil (RFB) ao final de cada mês. Espera-se crescimento da arrecadação das receitas federais (R$ 154,3 bi, +9,8% YoY)[2].

Antecipação da arrecadação federal: primeiros indícios de pagamento de tributos diferidos

Dentre as muitas incertezas que rondam a economia brasileira e, em especial, as contas públicas neste ano, está o pagamento ou não dos tributos postergados pelo governo federal. Com o objetivo de socorrer financeiramente empresas impactadas pelas medidas de isolamento social, determinados impostos e contribuições tiveram suas datas de pagamento adiadas para meses posteriores.

Pejotização: uma análise a partir de dados da PNADC

Os efeitos da recente crise econômica sobre o mercado de trabalho, assim como a reforma trabalhista aprovada em 2017, deram certo destaque ao fenômeno conhecido como “Pejotização”. Trata-se de uma modalidade de contratação que permite ao trabalhador (pessoa física) prestar serviços na forma de empresa individual (pessoa jurídica), no lugar do vínculo empregatício tradicional com carteira assinada.

Subscrever RSS - Juliana Damasceno