Manoel Pires

Coordenador do Observatório de Política Fiscal do FGV/IBRE e pesquisador da UnB. Foi Coordenador de Política Fiscal na SPE entre 2008 e 2010 e Chefe da Assessoria Econômica do Ministério do Planejamento em 2015.

Ciclos de commodities

Ciclos de commodities têm impactos muito diferenciados a depender da conjuntura, com efeitos expansionistas positivos, mas também dilemas de política econômica. Nos ciclos favoráveis dos anos 1990 e 2000 houve bons avanços, mas alta incerteza atenua efeitos do atual ciclo.

Comunicação da política fiscal e gestão de precatórios na época da pedra lascada

O episódio dos precatórios mostra problemas de comunicação e de eficiência na gestão do governo, afetando a qualidade da política econômica. A solução apresentada resolve a questão de curto prazo, mas pode criar uma bola de neve se o problema estrutural não for resolvido.

Austeridade seletiva

Uma análise detalhada do atual ajuste fiscal mostra que foi realizado um corte muito significativo nas despesas públicas que geram crescimento econômico. No entanto, despesas improdutivas, que geram iniquidade, e investimentos sem avaliação de retorno foram preservados.

Páginas

Subscrever RSS - Manoel Pires