Bráulio Borges

Graduado em Economia e mestre em Teoria Econômica pela FEA-USP, recebeu o Prêmio Tesouro Nacional pela sua dissertação de mestrado em Finanças Públicas. Atuou no departamento econômico da Telefónica e foi professor de Macroeconomia na Pós-Graduação da GVLaw. Atualmente é economista-sênior da área de Macroeconomia da LCA e pesquisador-associado do IBRE/FGV.

Isolamento horizontal ou vertical? Os dois, sequencialmente

Para aqueles que estudam ou se interessam pelo tema das “reformas” (econômicas, fiscais etc.), a palavra “sequenciamento” é (ou deveria ser) bastante familiar. Há muitos trabalhos que mostram que vários fatores, como a posição cíclica da economia, o quadro das contas externas, o nível de informalidade, mediam/impactam os efeitos das reformas (gerando até mesmo efeitos contraproducentes em alguns casos).

Política monetária afeta o PIB potencial (e não apenas o hiato)

Já sabemos há algumas semanas que o IPCA encerrou 2019 com variação positiva de 4,31%, ligeiramente superior à meta de 4,25%, após dois anos consecutivos de leituras anuais bastante abaixo da meta. Ato contínuo, alguns analistas já se apressaram em utilizar esse fato para argumentar que foi correta a pausa na flexibilização da Selic entre maio de 2018 e julho de 2019.

Transparência do Banco Central

A política monetária é um poderoso instrumento de política pública. Mudanças na taxa de juros afetam o PIB, a taxa de desemprego e a inflação, variáveis fundamentais para o bem-estar social.

Mas não é fácil a vida de uma autoridade monetária. Decisões tomadas por Bancos Centrais impactam a economia e a inflação após um período razoável de tempo. Isso requer bons modelos de projeção.

Excesso de ociosidade do mercado de trabalho brasileiro hoje é praticamente o mesmo do final de 2016

O IBGE divulgou ontem os dados referentes a setembro de 2019 da PNAD Contínua. Dentre outras coisas, chamou a atenção o fato de que a taxa de desemprego voltou a subir em termos dessazonalizados, para 12% da PEA na média de três meses findos em setembro.

Páginas

Subscrever RSS - Bráulio Borges